Imagem

Quando começamos a sentir saudades?  

Enquanto bebês, sentimos falta de tudo quase: da mãe, do peito, do carinho, da luz, da chupeta, do sono. Mas não é saudade, esse sentimento bruto e doce… É falta. 

Depois somos crianças e aparecem os primeiros sintomas dessa dor. Usamos a palavra, mas só raspamos no sentido.

Adolescentes e adultos jovens a sentem. Chamam de saudade, a dor  expressionista desta fase, intensa, física. 

No auge das nossas vidas, em plena atividade, o sentimento vai e vem; tratamos com respeito, mas damos conta dele. Há tanto o que fazer, tanto o que ganhar, há tanta vida na vida…

É só quando pacificados, depois de ter cumprido a maior parte do nosso destino é que olhamos para um lado e outro, e tudo se encolhe, silencia. A saudade, em sua magnífica plenitude passa a ser uma constante. Não é mais a falta, são as perdas.

Perdemos a todo instante e para sempre.

 

2 comentários sobre “

  1. Adorei ! Vou voltar sempre. Será que vc ta lembrada de mim??? Época de Uberaba, sou amiga da Fernanda, Renata aliás era amiga de todos da sua casa. Tempo bom! Seu estilo é ótimo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s