Coragem!

poloca

Um bom cão de guarda não pode ser destemido. Não pode se jogar ao risco, sem saber o que o espera. Precisa estar concentrado e confiante, mas precisa temer.

Os pelos da nuca eriçados são um bom sinal. Significa: “Estou com medo. O que acontece ali?”

Ele vai adiante, orelhas para trás, coladas ao crânio, boca fechada e crispada, olhos de lince a observar o escuro imprevisível, corpo rente ao chão, passos cautelosos, mas firmes.

Nada de latir, nada de se afastar.

Luta e protege o dono.

Um bom cão de guarda é corajoso.

Tem medo, mas enfrenta o perigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s