Insight

Trazia o coração inchado de felicidade. 

Uma energia luminosa saía dela, brilhava, orgulho de seu rebento.

Outro dia um bebezinho, e agora que entrara na faculdade se transformava numa piscadela em um homem feito!

Telefonou para as amigas, para todos os tios e parentes mais distantes.

Procurava na memória, quem ainda não sabia?

Comeu sem se dar conta,  uma caixa de biscoitos, andava pela casa sem objetivo, apenas  dispersava a tensão acumulada nos últimos dois meses.

Quando o filho chegou do trote, a cabeça lisa, raspada, deu-lhe um beijo estalado naquele couro tão virgem e exclamou:

– Você é o que não pude ser! Comemore e mostre suas garras!

O rapaz compreendeu naquele momento o fardo que haveria de carregar. Sentiu-se frágil, impotente. 

Deveria servir a si próprio ou a sua mãe? 

Foi para o quarto, entrou debaixo do chuveiro com a água gelada e soluçou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s