Luxúria

A primeira vez que ele surpreendeu foi quando sua mãe lhe trocava a fralda e subitamente sentiu o fluxo de urina sobre o rosto. Era tão nova aquela criança e já expressava seu ser masculino.  Na  natureza feminina da mãe, aliás, de todas as mães,  não há dessas surpresas.

Lá pelos oito anos, acontecia de ver na TV aquelas moças bonitas, nuazinhas,  rebolando nos programas de auditório e ele sentia uma comichão engraçada e via seu brinquedo espreguiçar-se e crescer. Ele achava gostoso e bolinava um pouco, distraído, até que dona Docinha aparecia e estragava tudo: – George, quer fazer xixi?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s