Avestruz

Não quero falar do absurdo que é saber que um animal foi abandonado. Preciso entender porque alguém tem essa coragem. São tantos, muitos, inúmeros. Não faz sentido adotar um bicho e desprezá-lo. Pode ter sido um presente inesperado, não desejado, pode ser falta de tempo de cuidar do animal, preguiça, pobreza…

Imagino que a pessoa possa ter tentado de tudo, doação, venda, rifa… Mas meu coração não me permite sentir a maldade de abandonar por desfastio, desprazer. E deve acontecer…

Será que as pessoas pensam:

– Ora, alguém vai cuidar dele… Tanta gente querendo um animal… Posso desprezar sem problemas, tudo se arranjará…

Lembro-me de encontrar gatinhos abandonados no meio do mato; eu era tão pequena…

Levava para casa, mas a resposta era sempre a mesma:

– Devolva para onde o encontrou. Senão vou jogar em um saco, dentro do canal. 

Era duro… Mas era sobrevivência. Da família. Se todos encontrassem um animal para cuidar em casa, o orçamento estourava…

Melhor cuidar dos humanos. Os bichos? Que se cuidem.

Governar, gerenciar, delegar…

Difícil. 

Prefiro o padrão avestruz. Sou fraca!

 

Imagem

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s