Remendos

Soube que há um buraco negro em cada casa. Aqui desaparecem as meias sociais – nunca as brancas e puídas da ginástica;  as meias de seda – não, não é a bebida é a meia-calça; e também sutiãs e tesouras. 

As tesouras, dei um jeito – coloquei uma em cada ambiente, com cores de cabo distintas. A tesoura da cozinha tem cabo vermelho e ai de quem carregar pra outro lugar! E por aí vai.

O buraco também engole às vezes um pedaço do meu coração. Só ali das entranhas mesmo, e é quando ele me dói, magoado e tristonho.

Quando isso acontece vou logo procurar no saco de roupas velhas. Aquelas roupas de que nem me lembro que tinha e que ficaram guardadas para fazer colchas de retalhos. 

É assim que meu coração vira caboclo. Faria sucesso em qualquer festa de São João. 

Todo remendadinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s