Não olhe para trás!

– Não olhe para trás!

Foi assim que ele me disse ontem, e eu meio que de brincadeira fechei a porta e saí, rumo ao futuro.

Às vezes ouço um chamado em surdina, mas me concentro na passada para a frente, estou me superando.

As novidades, eu as vejo por toda a parte, nas florezinhas do mato e nos micos engraçados, tão bonitinhos…

Decidi que vou por um lado e volto por outro, para não andar sobre os mesmos passos.

Não olhar para trás me deixou mais leve; quase posso correr. Que alegria!

Nada de vasculhar gavetas e guardados, corro o risco de virar estátua de sal.

De mansinho, o futuro vai se abrir, uma porta ampla, seu conteúdo iluminado.

Vai valer a pena!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s