Explosão

Nunca estive em ares tão distantes, nunca.

Também pudera, tenho tanto medo…

Mas quando acontece uma explosão, penso logo em Deus e nos meus. Estarão todos bem? Onde andará Marília sempre tão “viajandeira”? E minha tia Maria sempre disposta ao novo, ao inusitado?

Só depois que me certifico, depois que confiro minha pele e meu pelotão, penso nos que voaram pelos ares e que agora são os mais novos anjos do apocalipse anunciado.

Irresponsáveis, bélicos, perigosos. Posso enumerar muito mais que trezentos adjetivos.

Por estar tão distante  e ser sempre tão medrosa, escancaro os olhos, balanço a cabeça e rezo por eles; e por aqueles que continuam  e jamais sofrerão com justiça o impacto de seus atos.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s