Cinza-claro cintilante

Quando o Pintor resolve tingir o azul celeste de cinza claro cintilante, e é preciso franzir a testa e semicerrar os olhos para se enxergar, deve-se voltar ao ninho e procurar calor e conforto nas entrelinhas do sonho.

A dor desabusada que surge duramente não permite que se fale, cante ou ouça música.

Tempo de contenção e cuidado.

Olhe para trás, olhe para os lados.

Há andorinhas alvissareiras e outros pássaros.

Das inflorescências, folhas secas se abandonam.

Não tenha pena, as folhas viveram do princípio ao fim.

Conforte os pequeninos que ainda transitam no cinzento-lama.

Eles começaram e ainda não sabem para onde vão.

Quem sabe?

4 comentários sobre “Cinza-claro cintilante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s