Bolhas

A bolha é uma bola, um balão.

A bolha é sabão.

Quem olha a bolha admira:

– Que lindo!

Até que: Pluft!

De uma menina sorrindo

a  uma menina que chora,

debulha.

A bola é bolha que pula no pátio

e  vem atrás o menino,

que chuta a bola no vidro que quebra.

E agora é bola  murcha, é vazio.

Um balão “baloa”  na ponta do fio

O gato vadio ataca o redondo translúcido.

E agora a bexiga é muxiba.

Assim são as bolhas todas.

Ilusão de opulência,

Pura flatulência!

2 comentários sobre “Bolhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s