Reparo da preguiça

Às vezes, de pura preguiça, preciso  que alguém gire a manivela do motor para eu começar o processo de viver o dia.  Não estou muito a vontade com a minha preguiça. Por isso basta uma interjeição bem colocada e eu pego no tranco.

Ontem aconteceu assim. Quando tomei coragem, subi em um salto nude, vesti uma roupa leve e  fresca, e saí para o shopping toque-toqueando com meu sapato estilo Kate Midelton. Resolvi algumas pendências, fiz umas trocas de roupas, usei meu bônus de dez por cento por ser o mês do meu aniversário, busquei meu liquidificador que estava em  reparos -“não triture gelo com ele, dona..”

Mas  queria mesmo e  preciso  de um calendário, desses com uma bela foto por mês e os dias  separados em quadradinhos, com tamanho bom o bastante para fazer as  anotações fundamentais do ano. O único que encontrei era com imagens do pequeno príncipe e eu ando em um humor mais para a revolução dos bichos.

Entre as vitrines reparei em minha triste figura no espelho… Não, não estava com o poder dos saltos que imaginava. Da próxima vez que sair, vou me fantasiar..

De mulher maravilha….

Um comentário sobre “Reparo da preguiça

  1. Ah, a frase inicial já me ganhou (de preguiça, to comentando antes de ler o texto todo…): “que alguém gire a manivela”… que perfeito! No meu caso, geralmente meu filho dá um solavanco com um “mãe, tô com fome”…
    Agora vou ler o resto… devagar e sempre….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s