Batatas ao murro

Tenho acompanhado a Rita Lobo e adoro o programa dela. Ela ensina tanto e de maneira tão didática que a gente aprende só de ouvi-la falar. Bom, encontrei no índice do livro, uma receita portuguesa, intrigante: Batatas ao murro. “Deve ser um ingrediente novo ou desconhecido para mim”, pensei. Que nada, era murro mesmo, porrada na batata cozida. As fotos lindas com as batatas machucadas cobertas com azeite e alecrim, me levaram para a cozinha. Caprichei. Quatro batatões que cozinhei em bastante água. Esperei esfriar, mas não muito. Estava doida para atacar! Coloquei uma delas bem no meio da tábua de bambu e com a lateral da mão fechada mandei bala! Voou batata para todo lado. Até meu cabelo tinha fragmentos cozidos e quentes. A lateral da mão ficou bem vermelhinha e ardendo. A batata venceu o embate. Depois de limpar tudo, saí da cozinha, fui fazer outra coisa qualquer. Uma meia hora depois, voltei e esmurrei as outras batatas com cautela e quase com carinho. Ficaram perfeitas. Cobri com o azeite, sal e alecrim e coloquei no forno para dourar. É claro que a batata destroçada coube a mim. Bem feito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s