Um pé de lichia

No quintal do nosso vizinho em Uberaba, havia uma árvore folhosa, com um metro de altura a mais que o telhado do nosso barracão dos fundos.  Dava uns cachos bonitos de uma fruta de casca vermelha e rugosa, quase espinhenta, que aos poucos ia perdendo o brilho e caía já madura no nosso pátio. Achávamos engraçado jogar uns nos outros aquela bolota rústica e firme. “Acertei você, está morto!” dizíamos triunfantes.  Quando a fruta amadurecia,  a casca ficava ressecada e com uma cor terrosa, que só de apertar  se soltava. Então, descobríamos a polpa firme, translúcida, diáfana, brilhante. O cheiro nada dizia, mas a consistência tentava muito e um dia provamos. Primeiro com a língua e depois mordendo com luxúria até chegar ao caroço, os sucos escorrendo pelo queixo. Delícia! Pura suculência e doçura. Depois dessa descoberta  quando o pé ficava carregadinho, subíamos sobre o telhado com  uma escada apoiada no muro, para garimpar algumas e provar outra vez. Descobrimos que a fruta com a casca muito vermelha ainda estava verde e apertava na boca; o jeito era esperar madurar, e a casca ficar marrom e quebradiça. Foi um dos primeiros ensinamentos da vida para domar minha ansiedade, muito antes de eu mesma virar fruta madura. Entretanto, havia um perigo. Eu só podia comer duas, mais que isso e sofreria uns três dias com uma dor de cabeça do capeta. Foi com a lichia também que comecei a aprender sobre satisfação, saciedade e moderação. Quando criança a lichia tinha gosto de fruto proibido, roubado. Nem sabíamos seu nome. Agora posso comprar em qualquer bom supermercado. Escolho as melhores, sei quais estão maduras; mas compro somente duas.

2 comentários sobre “Um pé de lichia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s