Excerto

…o prédio da escola de medicina, que me permitiu aprender, e onde aprendo ainda; me ensinou tanto por tantos benditos anos, a dureza da urgência, a tristeza da morte anunciada, o langor dos insuficientes renais; as dores do parto, os bebês e seu choro miúdo, seus reflexos de sucção ancestrais, o monitor que se recusa a demonstrar emoções, sua linha reta, seu apito reto, reta é a morte e seus desígnios…

3 comentários sobre “Excerto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s