Chore-se completamente

Quando você puder chorar, deságue-se. Transforme-se em líquido, escorra. Chore sem moderação, grite até! Às vezes, só dessa forma há consolo. Uma consolação. Tome um banho tépido e se misture nas gotas, como quem chove ou delira. Não, não faz mal delirar, é permitido. Tudo é permitido na convalescença.

E para não ficar assim tão triste outra vez, concentre-se na tela do filme Vida-Muda. E plante. Um jasmim,  alecrins, hortelãs… Porque tudo é assim mesmo, transitório. E é melhor estar transitando do que plantado, parado, morrendo.